A reciclagem de abrasivos assegura a sustentabilidade da operação de Jateamento

4 min. leitura
O uso de abrasivos reciclados pode aumentar significativamente a sustentabilidade de várias formas...

A seleção de uma granalha ou abrasivo deve ter em consideração vários fatores, nomeadamente a sua densidade, dureza e composição química, que irão ter impacto não só na durabilidade do abrasivo, mas também na sua eficácia.

 A sustentabilidade desta operação depende não só de utilizar o abrasivo mais eficaz, mas também de encontrar alternativas que cumpram com os requisitos e tenham em consideração o meio ambiente.

O uso de abrasivos recicláveis é uma das possibilidades para incrementar a sustentabilidade, sendo que destacamos as seguintes opções:

  •  ▶️ Casca de Noz: A casca de noz é um abrasivo de origem natural, proveniente da trituração de cascas de nozes, também utlizado para jateamento. É biodegradável, não-tóxico e suave no tratamento de superfícies, sendo ideal para a remoção de revestimentos delicados, como tintas e vernizes, sem danificar o substrato.

  • ▶️Óxido de Alumínio: O óxido de alumínio pode ser recuperado e reutilizado várias vezes em aplicações de jateamento. Este abrasivo é altamente durável e oferece excelente poder de corte, tornando-o eficaz na remoção de revestimentos resistentes e corrosão de superfícies metálicas.

  ▶️Granalha de Vidro: Produzida a partir de vidro reciclado, a granalha de vidro é uma opção sustentável para o jateamento. É um abrasivo inerte, não-tóxico e não produz poeira excessiva, tornando-o adequado para aplicações onde a contaminação e a poluição do ar são preocupações.

 ▶️ Plástico:  O plástico reciclado pode ser transformado em abrasivo de jateamento, oferecendo uma alternativa sustentável para a limpeza de superfícies. É não-abrasivo e suave em substratos delicados, tornando-o ideal para aplicações onde é necessária uma abordagem mais delicada.

 ▶️ Carolo de Milho: O carolo de milho é um abrasivo de jateamento orgânico, produzido a partir de resíduos da espiga de
milho triturados. É biodegradável, não-tóxico e suave, sendo ideal para limpar superfícies delicadas ou sensíveis, como madeira, plástico e fibra de vidro.


O uso de abrasivos reciclados pode aumentar significativamente a sustentabilidade de várias formas:

 ✅ Redução de Resíduos: A reciclagem deste tipo de materiais evita a sua deposição em aterros sanitários, reduzindo o seu impacto ambiental.

✅ Ao reutilizar materiais, o volume total de
resíduos gerados é reduzido, contribuindo para um sistema de gestão de resíduos mais sustentável.

 ✅ Conservação de Recursos: Os abrasivos de jateamento reciclados utilizam materiais que já foram extraídos e processados, reduzindo a necessidade de recursos virgens. A conservação de recursos naturais ajuda a reduzir a degradação ambiental associada à extração de recursos, como a destruição de habitats e o consumo de energia.

 ✅ Economia de Energia: O fabrico de abrasivos reciclados para jateamento, necessitam habitualmente de menos energia, em comparação com a produção de abrasivos “novos”. Ao reduzir o consumo de energia nos processos de produção, o uso de abrasivos de jateamento reciclados, ajuda a diminuir as emissões de carbono e a reduzir o impacto ambiental.

 ✅ Menor Impacto Ambiental: Muitos abrasivos reciclados de jateamento são biodegradáveis, não tóxicos e ecologicamente aconselháveis. Apresentam riscos mínimos para os ecossistemas e a saúde humana em comparação com materiais abrasivos tradicionais, que podem conter substâncias perigosas. O uso de abrasivos de jateamento ecologicamente seguros reduz a poluição e a contaminação ambiental, contribuindo para ecossistemas e comunidades mais saudáveis.

 ✅ Eficiência de Custo: Em muitos casos, os abrasivos de jateamento reciclados são mais económicos do que os abrasivos tradicionais, pelo seu menor custo de produção.

Esta eficiência de custo torna os abrasivos de jateamento sustentáveis e uma opção a considerar para empresas que procuram
reduzir despesas operacionais, mantendo a eficácia de sua operação de
preparação de superfície.

 ✅ Conformidade Regulamentar: Regulamentações e normas ambientais, cada vez mais rigorosas, exigem que as empresas adotem práticas sustentáveis. O uso de abrasivos de jateamento reciclados pode ajudar as empresas a cumprir essas regulamentações, reduzindo sua pegada ambiental e minimizando o impacto de suas operações nos ecossistemas e comunidades circundantes.

Ao incorporar abrasivos de jateamento reciclados nos processos de preparação de superfície, as empresas podem alcançar os seus objetivos no tratamento de superfícies e em simultâneo com os objetivos de sustentabilidade, reduzindo o seu impacto ambiental.

 A nossa preocupação ambiental, em consonância com a nossa certificação na ISO 14001, incentiva-nos a disponibilizar e a constantemente procurar novas soluções ambientalmente sustentáveis.

 Consulte-nos para saber quais as granalhas e abrasivos que podem ajudar a cumprir os seus objetivos ambientais.

Existem benefícios que apenas um Especialista pode oferecer…

 🌐https://blasqem.pt/contactos.php

📩 info@blasqem.pt